Nenhuma dor é Absoluta ou Definitiva

Há uma certa peculiaridade na dor; ela revela nuances ocultas, outrora desconhecidas. A dor revela, desnuda; bem como entorpece a alma de quem sente.

Qual seja a origem da dor ela pode tornar árido o campo do pensamento, resfriar o campo da emoção criar uma fina e aparente camada de gelo que protege e mantém as aparências ocultando o verdadeiro turbilhão de águas caudalosas que escondem-se sob ele.

É preciso romper a fina camada para saber a velocidade e força dessa correnteza de sentimentos.

Para que com esmero possam ser reconstruídos as ruínas do que já foi o mais belo jardim do reino das emoções.

Romper não significa vulnerabilidade mas sim um ato hercúleo de auto amor a r